Valores a receber: como consultar, quando e como o dinheiro será liberado

Descubra se você tem dinheiro esquecido em algum banco. Mas não precisa correr! O sistema do Banco Central continuará aberto

valores a receber - aprenda como consultar dinheiro esquecido
14 de fevereiro de 2022 4 min. leitura

Será que você tem dinheiro esquecido em algum banco ou valor a receber que você nem sabe que existia? Agora, você terá a oportunidade de descobrir. Entrou no ar o sistema criado pelo Banco Central para aglutinar as informações sobre Valores a Receber oriundos de instituições financeiras de todos os brasileiros. Na verdade, é a segunda vez que a ferramenta é lançada. Na primeira, em janeiro, a movimentação foi tão grande que o sistema de consultas parou de funcionar.

Mas não precisa correr! O site ficará no ar por tempo indeterminado e, caso você seja sortudo, não há um prazo para sacar o dinheiro. Isso poderá ser feito a qualquer momento. O Banco Central divulgou, no ano passado, que há R$ 8 bilhões “esquecidos” nas instituições financeiras. Mas é importante saber: a maioria das pessoas tem centavos ou alguns reais, apenas, nessa situação.

De todo modo, a recomendação é fazer a consulta com calma e pegar o dinheiro de volta, mesmo que seja pouco (é seu!). E você poderá fazer tudo isso em um único lugar: no site Valores a Receber. Veja a seguir como fazer a consulta, pedir a liberação do dinheiro e alguns cuidados que você precisa ter para não cair em golpes que surgem nesses momentos.

Se você tem ou teve uma empresa em algum momento, vale consultar o CNPJ. Os valores a receber das organizações também serão liberados.

De onde vêm os valores a receber?

O dinheiro pode ser oriundo de contas bancárias antigas, de algum saldo que ficou no resgate da poupança ou até de algum grupo de consórcio do qual você tenha participado. Confira as diferentes situações: 

  • Contas correntes ou poupanças encerradas com saldo disponível.
  • Tarifas cobradas indevidamente, desde que o banco tenha firmado, com o Banco Central, o compromisso de devolver.  
  • Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, também, nos casos em que o banco assumiu o compromisso de devolver. 
  • Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários e participantes de cooperativas de crédito.
  • Recursos não procurados de grupos de consórcios encerrados.
como saber se você tem dinheiro esquecido nos bancos e os valores a receber

Como descobrir se você tem dinheiro a receber

A consulta é simples! Confira a seguir o passo a passo:

  • Acesse o site valoresareceber.bcb.gov.br. Não é possível fazer a consulta pelo site principal do Banco Central!
  • Insira o seu CPF ou CNPJ para que o sistema possa verificar.
  • Pronto! Se você tiver valores a receber, o sistema vai informar a data em que você poderá pedir o resgate o dinheiro.
  • Anote essa data na agenda ou em um papel na porta da geladeira para não esquecer. As restituições começam em 7 de março de 2022.

Como pedir o resgate do dinheiro

Para receber o dinheiro, você precisará ter um cadastro no site Gov.br, um portal do governo federal que reúne, em um só lugar, serviços para o cidadão. A dica é conferir, antes da data de resgate, se você já tem conta no Gov.br e qual é o nível de sua conta. Só poderá pedir o resgate quem tem conta ouro ou prata. Siga lendo que vamos explicar bem como isso funciona.

Se você já tem conta no Gov.br, na data de resgate, entre no site valoresareceber.bcb.gov.br usando seu login (e-mail/CPF e senha). Se ainda não se registrou no Gov.br, faça seu cadastro gratuito no site ou pelo aplicativo Gov.br, disponível no Google Play ou App Store.

Há três tipos de contas no Gov.br: ouro, prata e bronze. Elas refletem diferentes níveis de confiabilidade das informações sobre o usuário, o que ajuda o governo a evitar fraudes no acesso aos serviços. Ou seja, cada nível mostra o grau de segurança na validação dos dados de cadastro quando qualquer pessoa cria uma conta no Gov.br. Essa validação é feita pelo sistema em várias bases de dados do próprio governo.

Se a sua conta não tiver esses perfis, confira o que você pode fazer para elevar a sua conta para ouro ou prata. Se estiver tudo ok, na data, entre novamente no valoresareceber.bcb.gov.br e peça a transferência dos recursos. 

Quando você poderá receber

Você só saberá a data para solicitar a transferência no dia em que fizer a consulta no valoresareceber.bcb.gov.br. Mas, não se preocupe! Se por acaso você não conseguir acessar o sistema no dia definido, basta entrar no site, fazer uma nova consulta e tentar novamente. Veja o calendário das restituições (as datas são as mesmas para pessoas e empresas):

Data de nascimento ou criação da empresa Período de resgate
Anterior a 19687 a 11/3/2022
Entre 1968 a 198314 a 18/3/2022
Após 198321 a 25/3/2022

Fique tranquilo que, se você tiver recursos a receber, eles não “expiram”: os valores continuarão guardados pelos bancos e instituições financeiras até que você solicite o resgate.

Cuidado para não cair em golpes!

Antes mesmo do sistema do Banco Central entrar no ar começaram a surgir golpes e, por distração ou inocência, as pessoas acabam caindo em alguns deles. Por isso, fique atento:

  • O único site para consultar e pedir o resgate dos valores é o valoresareceber.bcb.gov.br.
  • O Banco Central não entra em contato com você para tratar dos valores a receber. Desconfie de qualquer contato feito em nome da instituição.
  • Não clique em links de páginas que prometem ajudar você a resgatar. O serviço, simplesmente, não existe. 
  • Atenção com mensagens que cheguem por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram! 
  • Em hipótese alguma, informe seus dados pessoais ou senhas.
  • Se você pedir o resgate sem indicar uma chave PIX, o banco entrará em contato para fazer a transferência. Mesmo nesses casos, não informe dados pessoais ou senha.
  • O serviço é gratuito. Portanto, se entrarem em contato pedindo o pagamento de uma taxa para liberar o dinheiro, é golpe.
DESTAQUES
ESSE ARTIGO FOI ÚTIL?
CONTEÚDO RELACIONADO
Organizar as finanças
4 min. leitura