O que fazer com a restituição do IR

Confira algumas alternativas para usar o dinheiro extra com sabedoria no momento de incertezas em que vivemos.

17 de junho de 2022 4 min. leitura

A temporada de restituição do Imposto de Renda já começou. A  notícia veio em boa hora para aqueles que, em meio ao cenário de crise e escassez em que vivemos, necessitam do dinheiro para sair das dívidas, começar uma reserva de emergência ou investir para realizar seus planos.

Como nos anos anteriores, o valor de impostos pagos no ano passado e que irão voltar aos contribuintes que acertaram suas contas com a Receita Federal, será restituído em lotes até o final de setembro. Recebe primeiro que entregou a declaração antes. Na sequência, vêm as pessoas com mais idade, com doenças ou algum tipo de deficiência. Ao todo, serão liberados mais de R$6,3 bilhões em restituições. Se você tem direito a ela, confira o calendário de liberação de cada lote:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 29 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Uma novidade, este ano, é que muitos brasileiros vão receber a restituição pelo Pix, caso tenham feito esta opção no envio da declaração. Se esse for o seu caso, veja abaixo alguns cuidados para evitar os golpes e fraudes comuns nesses momentos.

Como usar o dinheiro da restituição a seu favor

Em uma época de tantas incertezas, é um alívio poder contar com um recurso extra. Se você faz parte do grupo que tem restituição a receber, veja como alguns bons usos para o dinheiro da restituição, colocando-a a favor de sua saúde financeira.

Quitar dívidas ou acertar pagamentos atrasados

Se você deixou de pagar ou atrasou compromissos durante a pandemia, a restituição pode vir bem a calhar para colocar as contas em ordem, eliminar juros, multas por atraso ou limpar o nome. Para isso, procure diretamente seu credor para negociar ou ou acesse o site www.consumidor.gov.br, que facilita a negociação de dívidas com as 611 empresas e bancos que participam da iniciativa. Para saber mais sobre negociação de dívidas, veja o vídeo abaixo:

Começar ou reforçar a reserva de emergências

Se na pandemia você precisou atacar suas economias para imprevistos, esta é a chance de repor o dinheiro sacado e ganhar fôlego nos próximos meses. Embora a situação sanitária esteja melhorando, a perspectiva de recessão econômica continua, o que pode ainda trazer riscos para as finanças pessoais e das famílias. Por isso o momento pede cautela. 

Tornar-se um investidor iniciante

O que fazer com a restituição do IR: Pessoa calculando sua reserva de emergência

Se você já aplica na Poupança, Tesouro Direto ou em algum outro fundo de renda fixa e tem uma reserva de emergência equivalente a seis meses de suas despesas, pode dar um passo mais ousado e começar a diversificar seus investimentos com aplicações de maior risco. Esta estratégia, que deve estar de acordo com seu perfil de investidor, requer cautela e orientação adequada, mas promete uma boa rentabilidade.

Para entender a dinâmica da economia brasileira hoje, leia a matéria A Inflação, os juros e o seu bolso.

Investir em um negócio próprio

Crises também podem trazer oportunidades. Que tal se inspirar em gente que se reinventou na crise e investir sua restituição em uma nova fonte de renda? Bons exemplos são os serviços de delivery, produção de máscaras, alimentação, vendas online e outros setores que cresceram durante a pandemia.

Turbinar sua carreira

A pandemia trouxe uma verdadeira explosão de cursos à distância, portanto este é o momento para investir naquela formação online que você sempre quis fazer para ampliar seus conhecimentos e crescer na carreira. 

Sem gastar com deslocamentos e ainda pagando menos pelo curso, já que o EAD em geral tem um preço menor do que aulas presenciais. O EAD.br é um portal que reúne cursos de todas as áreas, reconhecidos pelo MEC, gratuitos ou em condições facilitadas para você investir bem seu tempo e sua restituição de IR.

Veja também nossas dicas de cursos gratuitos para dar um up no currículo e ganhar mais.

Poupar para o futuro dos filhos

Outra dica é aproveitar o dinheiro extra para investir no longo prazo. Usando sua restituição para fazer um aporte em previdência privada ou aplicar no Tesouro IPCA, você pode chegar mais perto de realizar o sonho de mandar os filhos para a faculdade com planejamento e segurança. Saiba quando e onde aplicar o dinheiro dos filhos.

EXTRA: cuidado com golpes envolvendo o Pix e o WhatsApp!

Fraudadores têm usado o nome da Receita Federal para aplicar golpes, enviando e-mails ou mensagens de WhatsApp que falam sobre a liberação do dinheiro da restituição. Na mensagem, solicitam que o contribuinte faça um cadastro para receber a restituição. O link, contudo, é criado para capturar dados pessoais e financeiros.

Caso você receba um e-mail ou mensagem de WhatsApp com este tipo de conteúdo, ignore e em hipótese alguma abra o link. A Receita Federal não envia e-mails ou mensagens com links de acesso. Se ficar em dúvida, confira se a mensagem foi enviada a você no portal E-CAC, que pode ser acessado por meio da sua conta gov.br.

Fique atento, também, aos golpes envolvendo o Pix e a restituição. Nesse caso, os fraudadores enviam um link com um falso comprovante de recebimento da restituição via Pix.

================================================

Matéria publicada em  05/06/2020  e atualizada em 07/06/2022

DESTAQUES
ESSE ARTIGO FOI ÚTIL?