Tudo sobre saques e depósitos

Tudo o que você precisa saber sobre saques e depósitos, seja no caixa eletrônico ou na boca do caixa para conta-corrente, salário ou poupança.

como fazer saques e depósitos, dos principais serviços bancários
10 de fevereiro de 2021 5 min. leitura

Conta, saque, depósito e transferências. Conheça as opções para movimentar sua conta e transferir dinheiro pelo aplicativo, internet banking ou caixa eletrônico

Conta corrente, conta-salário e conta poupança. Em todas elas costumamos recorrer com frequência a três funções básicas: saques, depósitos e transferências. Essas são operações simples, mas é importante entender tudo sobre elas para aproveitar esses serviços da melhor forma.

São operações simples, mas é importante entender tudo sobre elas para aproveitar esses serviços da melhor forma.

Neste artigo, você vai saber:

  • O que é conta corrente e o que você precisa para movimentar
  • O que é conta salário e quem tem direito a ela
  • O que é conta-poupança e quem tem direito a ela
  • Como fazer saques
  • Como fazer depósitos e transferências

O que é conta corrente

A conta corrente bancária é usada para depositar dinheiro e movimentar os recursos que você depositar, seja por meio de saques, transferências ou do pagamento de contas. Ela é feita para ser usada no dia a dia e pode ter uma série de serviços acoplados, como cartão de crédito e empréstimos.

A conta pode ser movimentada pelo aplicativo do banco, internet banking, caixas eletrônicos  e caixas do Banco  24 Horas, sempre com o uso de senha e do cartão de débito ou múltiplo (débito e crédito).

Conta gratuita

Todos os bancos oferecem uma conta (corrente ou poupança) gratuita, ou seja, sem a cobrança de qualquer tarifa, com um pacote essencial de serviços que inclui cartão de débito, até quatro saques, dois extratos e duas transferências por mês. Além de consultas ilimitadas ao internet banking.

Conta digital

Há muitas instituições que oferecem contas correntes exclusivamente digitais, muitas vezes, sem custo. As contas digitais também são chamadas de contas de pagamentos e podem ser usadas para saques, pagamentos com a função débito do cartão, compras com a função crédito, transferência de dinheiro para outras contas e outros pagamentos.




Conta com cobrança de mensalidade

Para as contas correntes  com cobrança de mensalidade, os bancos possuem diferentes pacotes de serviços com quantidades maiores de operações. Quanto maior o número de transações permitidas em seu pacote, geralmente, maior o custo da mensalidade.

É recomendável, de vez em quando, olhar os serviços incluídos em seu pacote para avaliar se você de fato utiliza o que contrata. Ou, ao contrário, se paga tarifas extras porque faz mais transações do que as previstas em seu pacote. Como as transações únicas costumam ser mais caras, pode valer a pena trocar por um pacote mais adequado à sua realidade.

Continuo pagando tarifa mesmo se tirar todo o dinheiro da conta?

Aí está uma questão importante. Se você retirar todo o dinheiro da conta, deixando-a inativa, e não pedir formalmente para o seu banco fechar a sua conta corrente, continuará sendo cobrada a taxa de manutenção da conta. Por isso, caso decida encerrar a conta em um banco, você precisa avisar a instituição para que a cobrança seja interrompida.

O que é conta salário

Este é um tipo de conta usado apenas para o recebimento de salários, aposentadorias e pensões. A abertura da conta só pode ser solicitada à instituição financeira pela empresa pagadora, pelo INSS ou outro órgão. Nesse tipo de conta, você não pode ter cartão de crédito, acessar empréstimos ou receber dinheiro de outras pessoas.

Para isso, você precisa abrir uma conta no banco. Você pode usar a conta salário para transferir o que receber para outra conta, efetuar uma quantidade limitada de saques e consultas a cada mês, sem a cobrança de tarifa. O encerramento da conta salário só pode ser pedido pela empresa ou órgão que requisitou a abertura.

Portabilidade da conta salário

Esse é um direito de todo cidadão. Se você recebe seu salário em uma instituição, mas quer trabalhar com outra, você pode pedir a portabilidade de sua conta. Isso precisa ser feito formalmente no banco onde você recebe. Na prática, isso significa que todo mês seu salário ou aposentadoria será transferido automaticamente para a instituição que você escolheu.

O que é conta-poupança 

Todo cidadão pode abrir uma conta poupança na instituição que escolher, desde que a mesma aceite fazer isso. O serviço não é obrigatório e é gratuito, já que o Banco Central proíbe a cobrança de tarifa para abertura de conta poupança. Ela é simples de ser movimentada com o uso do cartão de débito ou saque na agência, caixa eletrônico ou Banco 24 Horas.

A conta poupança rentabiliza o dinheiro, mas isso não acontece quando a taxa de juros básica da economia (taxa Selic) fica abaixo de 8,5% ao ano, como acontece atualmente. Nesse caso, a poupança só paga 70% da taxa Selic, ou seja, menos do que a inflação e o dinheiro em vez de render, perde valor. Saiba tudo sobre a poupança!

Como fazer saques

Para fazer saques da conta que você mantém em qualquer banco, em primeiro lugar, é preciso ter saldo. As instituições oferecem a alguns de seus clientes um limite de crédito que pode ser usado para saques em casos emergenciais. É o chamado cheque especial. Mas é preciso saber que, toda vez que usar o seu limite, você irá pagar juros – e eles costumam estar entre os mais elevados do mercado. Conheça as regras do cheque especial

Os saques podem ser feitos na agência bancária, em caixas eletrônicos ou no banco 24 horas. Cada instituição possui uma regra e limites para saques nesses canais. No horário noturno, esses limites podem ser ainda mais reduzidos. Mesmo dentro da agência, quando o valor do saque for alto, pode ser que você tenha que avisar o seu banco com um dia ou mais de antecedência.

O saque é feito por meio do uso do cartão da conta e de sua senha. Cuide bem de ambos e nunca carregue a senha anotada junto com o cartão nem forneça sua senha para qualquer pessoa. Isso vale inclusive para funcionários dos bancos ou pessoas que se ofereçam para ajudar você no uso do caixa eletrônico. Muitas instituições usam outros recursos, como a biometria.

Com os sistemas de transferência existentes, como o PIX, você não precisa andar com muito dinheiro no bolso. Saiba mais a seguir. 

Como fazer depósitos e transferências

Você pode fazer depósitos em dinheiro ou cheques tanto nos caixas eletrônicos quanto nos caixas das agências. A regra de horário para depósitos é a mesma para saques:

  1. Se um depósito for feito em dinheiro no caixa eletrônico, durante o horário de expediente do banco, o crédito acontece no mesmo dia, porém se for feito após o horário de expediente o crédito só entrará na conta no próximo dia útil.
  2. Depósitos em dinheiro feitos na “boca do caixa” das agências bancárias são creditados imediatamente.
  3. Para depósitos em cheques, o prazo de compensação pode ir de um a três dias.

Se for fazer um depósito na conta de outra pessoa, tenha com você os seguintes dados para facilitar o processo: nome completo, CPF, número do banco, agência e conta do beneficiário.

Quando for transferir dinheiro

Transferências entre contas, sejam elas do mesmo titular ou de pessoas diferentes, podem ser feitas instantaneamente usando o PIX no aplicativo do seu banco. O serviço é muito simples de usar. Basta acessar o app do seu banco, digitar sua senha eletrônica e localizar e clicar no PIX.

Cada banco possui uma forma de mostrar as opções para usar o PIX, mas geralmente elas incluem:

  • Transferir: você pode digitar a chave PIX cadastrada pela pessoa que irá receber o dinheiro. Essa chave pode ser o número do telefone, o CPF ou outro dado. Ou os dados da conta e o CPF de quem irá receber.
  • Pagar usando QR Code: siga as instruções e aponte a câmera do celular para o QR Code que deseja escanear. A leitura é automática. Em seguida, aparecem os dados da pessoa que irá receber; basta digitar o valor e, para finalizar, sua senha.

Transferência para o mesmo banco

Se você vai fazer transferências para o mesmo banco em que tem conta, em geral não precisa informar muitos dados da pessoa que irá receber o dinheiro. Basta informar a agência e a conta corrente.

Transferência para outro banco

Além do PIX, que é gratuito para pessoas físicas, você também pode usar o DOC e o TED. Nesse caso, você precisa ter em mãos o nome completo, o CPF (ou CNPJ) de quem vai receber, nome/número do banco, agência e conta corrente.

O que é o DOC e o TED e quais os limites para transferências:

  • DOC (Documento de Ordem de Crédito): permite transferir até R$ 4.999,99 online para contas de outros bancos e o valor cai na conta do destinatário no próximo dia útil. Desde que a transferência seja feita até 22h00; caso contrário cairá no dia útil seguinte.
  • TED (Transferência Eletrônica Disponível): o dinheiro cai na conta no mesmo dia, caso você faça a transferência até 17h00. Após esse horário, o crédito é feito no dia seguinte. No TED, não há limite máximo de valor para a transferência.

O DOC e o TED são serviços pagos, que podem ou não estar incluídos em seu pacote de serviços, então, informe-se antes se precisará pagar tarifa e quanto ela custa.

= =

Texto originalmente publicado em 03/04/2015. Atualizado em 10/02/2021

DESTAQUES
ESSE ARTIGO FOI ÚTIL?
CONTEÚDO RELACIONADO
Organizar as finanças
5 min. leitura
Organizar as finanças
4 min. leitura
Organizar as finanças
5 min. leitura