Procurando oportunidades para fazer renda extra durante a Páscoa?

Veja as dicas do especialista do Sebrae para lucrar com a venda de ovos e bombons de chocolate.

Renda extra durante a Páscoa
4 de abril de 2022 4 min. leitura

Conteúdo produzido pelo Sebrae-MG para o Meu Bolso em Dia

Um dinheiro extra é sempre bem-vindo, não é mesmo? Ainda mais quando ele vem da época mais doce e saborosa do ano: a Páscoa! O costume do brasileiro de consumir ou presentear com ovos e bombons de chocolate pode ser uma oportunidade para reforçar a renda nesse período. Mas, não basta ter boa vontade e um certo talento culinário para se dar bem.

Antes de começar a fabricar e vender os seus produtos, você costuma calcular os gastos das matérias-primas utilizadas no processo de produção? Durante a venda, é comum para você solicitar o pagamento no ato da compra ou acontece de deixar o cliente “acertar” o valor depois de algum tempo? Ah, e não vamos nos esquecer do lucro! Quais são seus planos para investir (ou gastar?) o valor que você conquistar com as vendas durante a Páscoa?

Para não ter prejuízo financeiro, é muito importante estar atento a alguns pontos quando o assunto é dinheiro. O analista do Sebrae Minas, Rodrigo Barbosa, traz algumas dicas que irão auxiliar quem está pensando em colocar a mão na massa e conquistar uma renda extra durante a Páscoa. Veja a seguir.

Levante bem os gastos que você terá para produzir os ovos e pesquise preços

Não precisa se preocupar em calcular o custo da sua mão de obra (não é para tanto), mas os custos com matéria-prima, embalagem e entregas (se for o caso) devem ser criteriosamente estimados e pesquisados. Em período de inflação alta, aquela velha máxima da “busca pelo melhor preço” está valendo mais do que nunca. Então, some o que você gastou com a compra do chocolate, das embalagens e dos confeitos para calcular o preço de venda dos produtos! Compare os preços dos seus concorrentes e veja se o preço que você sugeriu está compatível com os valores do mercado local.

A encomenda é a melhor estratégia

Existe um certo grau de risco em toda e qualquer relação comercial, gerando, em determinados momentos, aquelas inseguranças do tipo “Será que vou conseguir vender?”, “E se eu produzir uma quantidade maior do que consigo vender?”, “E se eu perder vendas por falta de produto?”. Para reduzir essas incertezas, que tal você receber as encomendas antes de produzir os ovos? Ofereça para vizinhos, familiares, colegas de trabalho, incentivando sempre a compra programada. Todo mundo sai ganhando!

Tão importante quanto vender é receber

Na era das movimentações bancárias cada vez mais rápidas, não faz sentido deixar anotado para receber depois. Lembre-se sempre de que você teve gastos para produzir que podem afetar o seu orçamento mensal, caso não receba o que vendeu. Não tem dinheiro de papel no momento?  Não tem problema, utilize outras modalidades de pagamento, como o PIX, por exemplo.

Apure o resultado

É muito importante saber medir o resultado do seu esforço, já que você vai abrir mão do seu tempo para se dedicar a essa grana extra. Mas, lembre-se de subtrair do total de vendas os valores gastos, com matéria prima e embalagens por exemplo e, assim, avaliar se valeu a pena e se vai repetir o feito no próximo ano.

Tenha um objetivo claro para esse dinheiro 

Infelizmente, temos uma forte tendência a gastar o dinheiro extra com coisas supérfluas. Para fazer valer o seu trabalho, crie um objetivo para o uso dessa renda temporária: pagar aquela dívida que te preocupa, amortizar um financiamento, planejar a viagem de férias, compor sua reserva de emergência ou fazer um investimento a longo prazo. Pense nisto!

Não se esqueça de cuidar das embalagens e da divulgação dos seus produtos

Divulgação dos produtos na Páscoa

Se você chegou até aqui na sua leitura, provavelmente deve ter percebido o quanto é importante dar atenção a pequenas atitudes e comportamentos que podem fazer toda a diferença no seu bolso. E, para impulsionar as vendas dos seus produtos, não se esqueça de investir em embalagens de qualidade e em uma boa divulgação!

A apresentação dos seus produtos é o seu cartão de visita. Então, capriche na embalagem! Afinal, os ovos e bombons são considerados um presente durante a Páscoa e a primeira impressão do cliente, mesmo antes de consumir o alimento, já faz parte da sua experiência de compra.

Com produtos bem apresentados, organize alguns pequenos cenários para fotografar e criar o seu portfólio! Pode ser na sua casa mesmo. Um local com uma boa iluminação e alguns itens de decoração já podem criar uma ótima fotografia. Depois, é só divulgar nas redes sociais ou no famoso “boca a boca” mesmo. Ah, não se esqueça de incluir, na embalagem, como o cliente poderá lhe contatar novamente. E, claro, tudo com o maior capricho para que a tag (ou cartão, ou adesivo ou outro) componha a embalagem do produto de forma harmônica.

Agora é com você! Caso ainda não esteja se sentindo preparado ou preparada para produzir seu próprio ovo ou bombom de páscoa, existem capacitações no mercado para você aprender a manusear corretamente a matéria prima e produzir, de maneira eficiente, os seus produtos. Aqui vai mais uma dica: o quanto antes comprar a sua matéria prima, e todos os insumos, melhor! Dessa forma, você evita possíveis aumentos nos preços que costumam ocorrer próximo à data da Páscoa.

Boas vendas!

DESTAQUES
ESSE ARTIGO FOI ÚTIL?