Aproveite o final do ano para ganhar dinheiro

Vagas temporárias e venda de produtos podem ser boas fontes de renda em dezembro e janeiro

O que vender no natal e como Ganhar dinheiro no final do ano
3 de dezembro de 2021 5 min. leitura

Com o fim do ano chegando, espera-se uma aquecida na economia. As festas de Natal e de Ano-Novo e as confraternizações costumam movimentar a venda de produtos típicos da época e a contratação de serviços em áreas como turismo, alimentação, eventos, vestuário, beleza, entre outras. Assim, podem surgir oportunidades interessantes nessa época, tanto para trabalhos temporários como para usar habilidades pessoais para fazer dinheiro.

Estamos ainda em um cenário indefinido de pandemia, com a variante ômicron rondando o mundo, mas o fato é que a melhora nos índices de vacinação e nos indicadores de internações por Covid-19 já trouxe alguma flexibilidade para se movimentar e frequentar eventos. E, depois de um longo período de isolamento social, as pessoas estão ávidas por viagens, atividades lúdicas e comemorações.

Isso não significa que devemos deixar os cuidados de lado. Se você é um prestador de serviços em eventos, por exemplo, lembre-se de manter as regras básicas de proteção, como o uso de máscaras e a higienização das mãos. Feito isso, a dica é aproveitar bem as oportunidades que surgem neste momento. Confira, a seguir, algumas dicas.

Vagas temporárias

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) espera um aumento significativo na oferta de vagas temporárias neste final de ano. Após uma retração importante nos meses em que a pandemia foi mais intensa, a possibilidade de voltar a encontrar amigos e familiares com alguma segurança deverá estimular várias áreas da economia. Nesse sentido, estabelecimentos que costumam ter bastante demanda durante o período de festas vão precisar de reforços.

Shoppings e lojas

Tradicionalmente, o comércio é um dos setores mais aquecidos no final do ano devido às buscas por presentes de Natal e muitas lojas precisam contratar vendedores extras para atender bem o público. Sendo assim, é comum encontrar vagas temporárias nessa área em dezembro, e você pode buscar uma colocação em grandes redes de magazines, shoppings e ruas comerciais da sua cidade.

Para isso, faça o seu currículo detalhando as experiências profissionais que já teve e não esqueça de colocar os seus contatos, especialmente o seu número de telefone. Vários sites de emprego oferecem vagas temporárias nesta época. Vale dar uma filtrada em oportunidades em empresas como a Catho, Vagas, Infojobs e várias outras. O velho e bom currículo entregue direto na loja em que você tem interesse de trabalhar também continua funcionamento muito bem. 

Lembre-se que muitas lojas trabalham com o sistema de comissão, portanto, quanto mais você vender, mais poderá receber. E, se você trabalha com algo com o qual se identifica, a chance de realizar mais vendas será maior. Por exemplo, o comércio de roupas é um dos que têm maior fluxo nessa época, e você pode buscar lojas cujo estilo você gosta ou é parecido com o seu. Ou, se você não se interessa por moda, pode ser legal procurar outro tipo de comércio, como eletrônicos, papelarias, livrarias, saúde e beleza, etc. Há diversas possibilidades!

Prestação de serviços nas áreas de alimentação e eventos

Outra área que costuma ter bastante movimentação no final do ano é a de alimentação, com a oferta de vagas extras em restaurantes, bares, confeitarias, cerimoniais e buffets. Esses estabelecimentos são muito buscados para confraternizações de final de ano ou para a encomenda de refeições especiais, como as ceias de Natal e Ano Novo. Assim, é possível encontrar vagas para atendimento em salão, como garçom ou garçonete, para preparar os alimentos, ajudar na limpeza ou na venda de produtos prontos em balcão ou por aplicativos.

Para conseguir uma colocação nessa área, as dicas são similares às do item anterior: pesquise na internet e distribua seu currículo em estabelecimentos nos quais gostaria de trabalhar, perguntando se há oportunidades em aberto. Há locais em que é exigida experiência prévia; em outros, este pode ser o seu primeiro emprego. De qualquer forma, sempre vale perguntar!

Ganhar dinheiro no final do ano, renda extra: pote com moedas e um enfeite natalino, representando os lucros obtidos com atividades de renda extra no final do ano 

Setor de turismo

O aumento da vacinação e a diminuição das internações por Covid-19 em todo o país também geram perspectivas otimistas para o setor de turismo. Ainda não sabemos quais serão os impactos da variante ômicron, mas ainda assim as atividades turísticas devem ter uma aquecida importante com o verão, as férias escolares, as comemorações de final de ano e os dias de recesso no período de festas.

A CNC estima que o setor de turismo irá contratar mais de 478 mil trabalhadores até fevereiro de 2022, dos quais 81 mil poderão ser vagas temporárias para atender à demanda do verão. Ainda de acordo com a pesquisa feita pela entidade, o maior número de vagas deverá ser para recepcionistas, cozinheiros e auxiliares, camareiros, garçons e auxiliares e auxiliares de lavanderia. 

E como fazer para aproveitar as chances da alta temporada? Além das vagas em restaurantes, você pode procurar buscar por uma colocação em hotéis e pousadas da sua cidade. Se você mora em uma região turística, também vale procurar em lugares que costumam ser muito visitados, como museus, igrejas, parques, monumentos ou pontos históricos, pois é possível que esses locais precisem de reforços para receber bem os turistas.

Quais são os direitos de quem presta serviços temporários?

Não são só as vagas fixas que devem seguir uma série de diretrizes legais. O contrato de trabalho temporário, por exemplo, precisa ter data de início e de término e não pode ultrapassar 180 dias, ou cerca de 6 meses, podendo ser prorrogado por mais 90 dias. 

Além disso, o trabalhador temporário tem direitos garantidos por lei, como remuneração equivalente aos empregados fixos com a mesma função, jornada de 8 horas por dia com no máximo 2 horas extras, ou indenização por demissão sem justa causa antes do fim do contrato.

Produtos e serviços que você pode oferecer

Se a demanda por produtos e serviços no final do ano é grande, você também pode pensar em oferecer algo para o mercado, usando suas melhores aptidões e conhecimentos. Veja algumas sugestões!

Alimentos, presentes e outros produtos temáticos

Em dezembro, todo mundo busca por presentes de Natal ou itens para compor as refeições das festas. Se você tiver habilidade com cozinha ou artesanato, é possível ganhar um dinheiro extra com isso! Por exemplo, sabe aquele pavê que todo mundo elogia quando você faz? Quem sabe algum conhecido não estaria interessado em comprá-lo para servir na própria ceia? 

Ou talvez você tenha aprendido uma nova habilidade durante a pandemia, como bordado, costura, tricô, mosaico, entre outros, e possa fazer isso para vender. Os trabalhos manuais estão em alta, são supervalorizados por quem busca presentes diferentes e você pode se destacar oferecendo coisas lindas de Natal!

Vender o que não tem mais lugar

Uma ótima forma de finalizar o ano é abrir espaço para o novo – nesse sentido, é sempre bom promover uma espécie de “faxina geral” na vida, desapegando de itens, serviços e até comportamentos que não têm mais lugar entre o que você deseja para os próximos meses. Por exemplo, confira neste link algumas dicas de como cortar gastos invisíveis e ajudar a equilibrar as contas. 

Olhando para isso, é comum que coisas que não queremos mais ainda estejam em bom estado e possam ser uteis para outras pessoas. Sendo assim, você pode vendê-las. Há estabelecimentos que trabalham apenas comprando itens usados, como roupas, sapatos, objetos de decoração, móveis, louças, livros, etc. Não conhece locais assim na sua cidade? Anuncie na Internet: há vários sites e aplicativos especializados em revenda de itens usados.

A reciclagem de peças pode torná-las ainda mais atrativas para a venda. Duas demãos de tinta a óleo podem transformar uma mesa de cabeceira velha em um lindo porta-vasos que vale um bom dinheiro. Pallets podem ser transformados em floreiras. Jeans usados em bolsas, e por aí vai. Procure tutoriais DIY (faça você mesmo, do it yourself, em inglês), de bricolagem ou artesanato. Você vai descobrir coisas incríveis que podem ser feitas com o que você tem em casa.

DESTAQUES
ESSE ARTIGO FOI ÚTIL?
CONTEÚDO RELACIONADO
Organizar as finanças
5 min. leitura
Organizar as finanças
5 min. leitura
Sair das dívidas
14 min. leitura