Como ensinar crianças a economizar energia elétrica

Dicas para economizar na conta de luz, reduzir o estresse e divertir as crianças nas férias. Tudo ao mesmo tempo

1 de julho de 2021

como ensinar os filhos a economizar energia

Desde o início da estação seca em boa parte do país, estamos sentindo os efeitos das mudanças nas bandeiras tarifárias aplicadas nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) projeta um aumento médio de 13% nos gastos com energia em 2021. Essa previsão exige muita disciplina das famílias para reduzir o consumo desse recurso no dia a dia.

Por outro lado, a pandemia ainda nos obriga a passar longos períodos dentro de casa com os equipamentos ligados, tanto para trabalhar e estudar, quanto nas horas de lazer, em que as diversões eletrônicas acabam sendo a alternativa mais segura para proteger as crianças da exposição ao vírus. 

as Dicas para fazer com que seus filhos e crianças economizem energia. 

No período de férias escolares, o problema tende a ficar ainda mais evidente e as famílias que ficarem em casa poderão tomar um susto com a conta de luz. E vamos combinar que ficar o tempo todo cobrando que as crianças tomem banhos mais rápidos, apaguem a luz dos ambientes e desliguem equipamentos pode ser uma tarefa muito desgastante e pouco produtiva.

Nessa situação, como poupar energia da casa e gastar a energia das crianças sem que isso seja estressante? A dica é transformar essa missão em brincadeiras.

Como ensinar crianças a economizar energia e ajudar na conta de luz

Confira ideias de jogos para economizar na conta de luz e divertir as crianças ao mesmo tempo. Que tal utilizar essas brincadeiras de criança para reduzir o consumo doméstico de energia elétrica, confira:

1. A criança pode ser o fiscal da energia

Proponha a votação de um “fiscal da energia” por semana. A criança eleita poderá “multar” os demais membros da família que não cumprirem as regras de economia de energia, definidas por todos. 

As multas podem ser tarefas, como carregar o fiscal nos ombros até a esquina, trazer o café da manhã na cama para o fiscal ou pagar prendas, como imitar um bicho ou dançar de um jeito engraçado. Caso a família tenha apenas um filho, os adultos também podem ser eleitos, mas devem entrar na brincadeira, evitando uma postura séria e sisuda.

brincadeiras de criança para economizar energia

Para tornar o jogo mais realista possível, organize uma eleição ou sorteio para escolher o fiscal da semana, confeccione colete, crachá e providencie uma prancheta para que ele possa anotar as multas e entregá-las aos infratores. Com essa brincadeira, todos se conscientizam da importância de poupar energia, assim como experimentam consequências imediatas das suas ações, gerando um aprendizado divertido e mais eficiente do que broncas e castigos.

2. A hora do blecaute

Que tal organizar um blecaute diário de uma hora? A ideia é desligar lâmpadas e eletrônicos para que a família possa interagir como antigamente, brincar com jogos de sombras, contar histórias, cantar, tocar instrumentos, jantar à luz de velas ou simplesmente descansar e meditar. 

Somos, hoje, muito dependentes de equipamentos eletrônicos e quase nos esquecemos de que há muitas possibilidades de diversão sem eles. No início, pode parecer estranho reservar uma hora do dia para tirar um descanso de tantos estímulos, mas depois de um tempo, essa pausa pode se tornar um hábito que proporciona economia na conta de luz, diversão em família e ainda contribui para a saúde mental, tão afetada pelas redes sociais atualmente.

3. Campeonato de banho rápido

Tudo que se transforma em jogo tende a se tornar mais divertido e interessante. Se o objetivo é reduzir o tempo de banho das crianças, que tal criar um campeonato?

Assim como o fiscal da energia, um juiz pode ser eleito por semana para cronometrar o tempo de banho de cada membro da família e eleger o vencedor da semana.

brincadeira com crianças economizando energia tomando banhos rápidos

Todos começam a semana com 50 pontos e a cada minuto de banho, a pessoa perde um ponto. Se o banho passar de cinco minutos, o juiz pode apitar para avisar o competidor que ele começará a perder dois pontos por minuto a partir do sexto minuto. Quem chegar ao final da semana com mais pontos ganha a rodada.

Para garantir que o banho seja rápido, mas eficiente, o juiz também irá fiscalizar a qualidade, olhando dobrinhas atrás das orelhas e entre os dedos dos competidores. 

Para motivar a família a participar, a dica é criar um prêmio semanal para o vencedor, como o direito de repetir a sobremesa ou um dia de folga das tarefas domésticas. É uma forma divertida de engajar as crianças na missão de poupar energia e de quebra, economizar água também. 

4. Festa da economia

Depois de aplicar todas as ações durante um mês, chega o momento de celebrar os resultados na hora que a conta de luz chegar. Juntos, vocês podem definir as metas de redução e criar uma tabela com diferentes itens para incluir na comemoração de acordo com cada objetivo atingido. 

Inspire-se no exemplo a seguir, mas adapte de acordo com o gosto de sua família.

brincadeira de criança para poupar energia com gincanas de consumo elétrico

E assim por diante... a mensagem por trás desse evento é mostrar que a economia com a conta de luz gera uma sobra de dinheiro que pode ser utilizada para outras finalidades mais divertidas. E que toda conquista que vem como fruto da dedicação de todos deve ser celebrada como um símbolo dessa colaboração em família.


Conteúdos Relacionados