Vai celebrar na avenida? Veja as dicas para ir seguro

Como prevenir e o que fazer em caso de roubo ou furto de documentos e celulares

12 de fevereiro de 2020

Como prevenir e o que fazer em caso de roubo ou furto de documentos e celulares

Durante grandes festas e eventos culturais, como o Carnaval, as pessoas costumam sair às ruas para se divertir, confraternizar e celebrar. As grandes aglomerações de pessoas em pontos de encontro, no transporte público ou em locais onde acontecem os cortejos são alvo de quadrilhas especializadas em furtos de celulares, dinheiro, documentos e cartões. Elas se aproveitam da distração dos foliões que, além do prejuízo, costumam enfrentar problemas posteriores. Essas quadrilhas utilizam os cartões, documentos ou dados pessoais em compras e na contratação de créditos que só serão notados muito tempo depois, quando as parcelas começarem a vencer.

De acordo com a Serasa Experian, o Brasil tem uma tentativa de fraude a cada 17 segundos, sendo que 37% das fraudes existentes no país estão relacioadas à compra de celures com documentos alheios. Até mesmo empresas são abertas com documentos roubados ou extraviados. Por isso, todo cuidado é pouco. Confira algumas dicas para você curtir a farra com segurança e saiba o que fazer caso seus documentos sejam roubados.

 

Cuidados para evitar problemas

Não dê bola fora, carregue só o essencial: não saia de casa com todos os documentos originais. Sempre que possível, prefira uma cópia simples ou autenticada. Guarde documentos, cartões e cheques no bolso da frente da calça ou escondidos dentro da bolsa.

Um olho na bola, outro no gato: nunca perca de vista seus documentos e não entregue a desconhecidos. É você quem deve inserir ou passar o cartão na maquininha. Não deixe o atendente sair do seu campo de visão com seus pertences.

Drible os oportunistas: nunca forneça seus dados pessoais por telefone ou para estranhos e não informe números de documentos quando participar de promoções e sorteios.

O que fazer em caso de roubo ou fraude de documentos

Mesmo com todos esses cuidados, você ainda pode perder ou ter seus documentos roubados. Veja o que fazer nessas situações e aja rápido, pois cada segundo perdido aumenta as chances de sofrer uma fraude.

Chame o juiz: O primeiro passo em caso de perda ou roubo de documentos é ir à delegacia de polícia mais próxima e registrar um Boletim de Ocorrência (BO) ou pesquisar na internet se a polícia do seu Estado possui uma delegacia online para registrar o BO Eletrônico. Informe detalhadamente todos os documentos perdidos ou roubados.

Convoque o banco: Ligue imediatamente para a central de atendimento do seu banco para cancelar cartões e cheques perdidos ou roubados.

Antecipe a jogada: Antes de começar a receber ligações ou cartas dizendo que seu nome está em listas de inadimplentes, informe a Serasa Experian, a Boa Vista SCPC e o SPC Brasil sobre o roubo, furto ou extravio. É importante avisar a todos, porque eles têm arquivos de dados diferentes.

Na Serasa: É possível fazer o alerta pela internet. O aviso fica disponível para os clientes por dez dias úteis. Para permanecer por tempo indeterminado, é necessário preencher declaração disponível na página do cadastro e enviá-la junto com uma cópia do BO por e-mail ou correio. Confira o passo a passo.

Boa Vista SCPC: Para fazer o alerta na Boa Vista SCPC, preencha o cadastro e informe os documentos roubados/perdidos.

SPC Brasil: Para fazer o alerta no SPC Brasil, é preciso ir pessoalmente até um balcão de atendimento com o boletim de ocorrência. Consulte o posto de atendimento mais próximo de você.


O que fazer em caso de roubo de celular

Registre um Boletim de Ocorrência online ou na delegacia mais próxima e fale com sua operadora para bloquear o IMEI (sigla, em inglês, de Identificação Internacional de Equipamento Móvel). Dessa maneira, você impede que o celular seja usado ou vendido por quem fez o furto ou roubo. O IMEI é um código de 15 dígitos que aparece automaticamente na tela de seu celular quando você digitar *#06# no teclado de seu celular, como se estivesse fazendo uma ligação normal. Você também pode fazer uma pesquisa no Google para localizar o telefone. Veja o passo a passo para fazer isso nesta matéria do G1Outra medida importante é trocar imediatamente as senhas de seus e-mails e redes sociais.