Dez dicas para você não se enrolar com o cartão de crédito

Dicas que podem te salvar para controlar os gastos no cartão de crédito, planejamento, limite de crédito, vencimento, programas de pontuaçao

27 de março de 2015

Comprar no cartão de crédito é muito fácil: você consegue adquirir o que quer, pagar em até 40 dias sem juros ou parcelar em várias vezes.  

A comodidade e facilidade tornam esse tipo de crédito bem frequente no dia a dia, mas vale sempre ter consciência e cuidado para não extrapolar, apertar o bolso e acabar “sujando” seu nome. 

1) Antes de comprar, pesquise bastante os preços e veja se outras formas de pagamento podem ser mais vantajosas.

2) Ter uma lista de compras ajuda a controlar a vontade de sair comprando tudo no impulso. 

3) Anotar em uma tabelinha o que gastou e as datas que comprou pode ser uma forma de não tomar aquele susto com a fatura. 

4) Vai parcelar? Não se esqueça de incluir no orçamento dos meses seguintes. O valor também será reduzido do seu limite até o pagamento. 

5) Tá usando o cartão de crédito como complemento de renda? Na hora de pagar você pode acabar comprometendo outra despesa. 

6) Pague sempre o valor total da fatura. Aconteceu uma emergência e vai ter que pagar só o mínimo ou rotativo? Cuidado para que não vire uma bola de neve. 

7) Fique ligado no vencimento! Pagando em dia, você mantém o crédito e evita os juros e demais encargos financeiros.

8) Usou o limite todo? Conforme você for pagando as faturas, o crédito voltará ao normal. 

9) Tem mais de um cartão? Cuidado redobrado para não se enrolar. 

10) Se tiver que negociar a fatura, faça um planejamento colocando todas as contas no papel e estudando um valor de parcela. Assim você vai saber direitinho quanto pode comprometer do seu orçamento sem se enrolar novamente. 

 

Anuidade e benefícios 
Algumas operadoras oferecem benefícios como troca de pontos acumulados nas compras por bônus em mercadorias, descontos em serviços e até passagens aéreas. 

Geralmente, a quantidade e variedade de benefícios oferecidos são ligadas à anuidade do cartão, um valor pago à operadora referente à administração desse serviço.

Negocie com a operadora o valor da anuidade e veja direitinho o que realmente precisa. Isso evita que você pague por serviços desnecessários e poderão pesar no seu orçamento ao longo do tempo.