Uma Iniciativa Febraban

Você sabe para onde vai seu dinheiro?

7 maneiras fáceis e rápidas de controlar suas contas em 2017, usando apenas cinco minutos diários

O ano de 2016 trouxe muitos desafios para o orçamento das famílias. A inflação, o desemprego e a falta de planejamento levaram o país a bater o recorde de inadimplência, com 60 milhões de brasileiros com contas atrasadas. Se o ano foi difícil, trouxe também muitos aprendizados. E um dos principais, sem dúvida, é a importância de controlar os gastos.

Saber para onde vai seu dinheiro é fundamental para facilitar suas decisões sobre o que deve ser mantido, ampliado ou cortado do orçamento. Também ajuda a conversar com a família, negociar dívidas, ajustar o padrão de vida e, claro, planejar a realização de seus sonhos.

Quer que seu 2017 seja cheio de realizações? Confira 7 maneiras de controlar seus gastos diários ao longo do ano, usando apenas cinco minutos do seu tempo por dia.

 

  1. Para controlar o impulso e evitar gastos extras, faça listas


Antes de sair para comprar o material escolar, os itens de supermercado, as carnes para o churrasco ou o enxoval para o bebê, vale a pena colocar tudo em uma lista. Assim você vai direto ao que interessa, não esquece de comprar o que é importante e foge das tentações do comércio. Acesse nossas listinhas e planeje suas compras. Baixe, também, o aplicativo Nossa Alimentação, confira as dicas e organize a sua lista no celular.


  2. Para controlar os excessos da família, use caixinhas


Se sua família tem o hábito de usar cartões para fazer compras e pagamentos e acaba se perdendo nas contas, um jeito rápido de saber onde o dinheiro foi gasto todo dia é manter duas caixinhas em local visível da casa: uma para os comprovantes do cartão de crédito e outra para os de débito, e ao lado, um bloco de anotações. Toda vez que alguém entra em casa, coloca os comprovantes nas caixinhas. No fim do dia, uma pessoa soma os gastos e anota no bloco, deixando visível para todos, em um local de circulação da família. Se todos souberem o que está sendo gasto, um ajuda a controlar os excessos do outro e todos ganham.


  3. Para lembrar dos prazos, anote no calendário


Costuma esquecer a data do vencimento da conta de luz, gás ou da fatura do cartão de crédito? Fixe um calendário na parede ou na geladeira e, assim que as contas chegarem, faça uma anotação bem visível. Outra dica é guardar a conta na página da agenda, para que você possa lembrar.


  4. Para não se preocupar com prazos, programe os débitos


Aproveite as ferramentas automáticas dos bancos e defina aonde seu dinheiro deve ir, sem se preocupar com isso ao longo do ano. No débito automático, você programa pagamento de contas, faturas e boletos, que cairão automaticamente na sua conta na data do vencimento. Você só precisa garantir que a conta tenha saldo para evitar os juros do cheque especial.

 

  5. Para poupar automaticamente, programe sua aplicação


Outra ferramenta que facilita muito a vida de quem deseja começar a poupar, mas acaba esquecendo, é a aplicação programada. Você define a  data e o valor que pretende aplicar e o banco executa sua programação. Por exemplo, se você recebe seu salário no dia 20, pode programar uma  aplicação mensal em poupança ou tesouro direto para esta data. Assim que o dinheiro do seu salário entrar, o banco já transfere para a aplicação  e você não fica com dinheiro parado. Além disso, essa medida também acalma a mente, porque você sabe que o dinheiro na conta corrente está  disponível para gastar, pois a sua reserva já está garantida.


  6. Para ver se está no caminho certo, acompanhe na tabela


Uma tabela detalhada ajuda você a ter uma visão de todo dinheiro que entra e sai, para onde vai, os principais gastos e os supérfluos. Há tabelas para famílias, estudantes, aposentados ou donas de casa que querem ter mais controle de suas contas sem perder tempo. Baixe aqui e organize sua vida financeira.

 

  7. Para ter controle total, anote no momento da compra


Um dos métodos mais eficazes para saber exatamente aonde vai seu dinheiro é registrar o valor e a finalidade do gasto imediatamente após realizá-lo. Hoje em dia todo mundo tem um celular, então, para economizar tempo, que tal acrescentar apenas um passo ao seu processo de compra? Assim que você fizer o pagamento, pegue o celular e registre o que foi comprado, o valor pago e a forma usada para pagar (dinheiro, cheque, crédito, débito, etc.). Essa simples anotação leva menos de 15 segundos para ser feita e permite que você tenha o controle total de suas despesas. Para facilitar ainda mais sua vida, baixe o Jimbo mobile e comece já a fazer um ano realmente novo!

 


Matérias Relacionadas

Check Up do bolso - Planejamento anual de suas finanças

Dicas para fazer seu orçamento doméstico

Faça uma caça aos gastos invisíveis e economize

Não basta trabalhar, é preciso cuidar do que você ganha

Você tem um sonho? Mãos à obra para realizar

Prepare-se para viver sem dívidas