Uma Iniciativa Febraban

No game e na vida real

Na era dos smartphones, quem nunca brincou de coletar doces enquanto espera o ônibus ou a consulta médica? Esse famoso game é cada vez mais popular e conquista pessoas de todas as idades e lugares. A regra é simples: basta alinhar três dropes da mesma cor na horizontal ou vertical para completar o desafio.

O que a maioria de nós não percebe é que esse simples jogo pode ensinar muito sobre nossas finanças. Veja a seguir 5 lições que você pode aprender enquanto se diverte:


1 – Focar no seu objetivo

“Colete todos os ingredientes”, “Complete 10 mil pontos em 90 segundos” ou “Elimine a gelatina”. A primeira informação que você recebe a cada rodada é a meta a ser vencida, se quiser passar à próxima fase. Ao longo da rodada, o jogo tenta fazer você desviar da meta, chamando sua atenção para doces que piscam, têm cores bonitas ou trazem pontos extras. Se você desviar do foco para seguir essas tentações, acaba gastando todos os movimentos disponíveis e não completa seu objetivo.

Na vida financeira, acontece exatamente o mesmo: você começa o mês com determinado valor em dinheiro (salário), suficiente para realizar algumas movimentações (pagamentos) e chegar ao próximo mês. Ao longo desse período, será tentado a gastar com coisas que piscam ou brilham (eletrônicos, roupas, etc.), mas deve se manter focado se quiser atingir suas metas. Para ter um controle maior, você pode usar o Jimbo ou uma das tabelas mês a mês.


2 – Programar-se para imprevistos

A partir de certa fase do jogo, aparecem “bombas-relógio” que explodem após alguns movimentos. Nessas horas, você é obrigado a esquecer seu objetivo temporariamente para desarmar as bombas, ou elas explodirão antes do fim da rodada. O pulo do gato é reservar armas secretas para usar nessas situações.

Nas finanças, as bombas são os imprevistos. Eles aparecem sem avisar e geralmente é preciso adiar sonhos e objetivos para resolvê-los. Fazer uma reserva financeira é uma boa jogada para ajudar você a passar por eles com mais tranquilidade.


3 – Poupar o máximo que puder

Se você pode usar 45 movimentos para completar a rodada, mas atinge sua meta usando apenas 30, os 15 movimentos que você poupou servem para explodir vários doces de uma vez e trazer mais pontos. 

Assim como na vida: quanto mais dinheiro conseguir poupar entre um mês e outro, maior será sua rentabilidade. Procure maneiras de atingir seus objetivos gastando o mínimo possível, e aplique o restante em bons investimentos. Conheça alguns deles aqui.


4 – Ter paciência

Às vezes, é preciso refazer uma rodada várias vezes antes de superá-la. O truque do jogo é fazer você perder a calma e comprar logo movimentos extras para passar de fase. Mas se tiver paciência e não quiser gastar moedas à toa, espere o tempo que for preciso e aproveite para aprender novos truques a cada rodada perdida. Mesmo que demore, um dia você conseguirá vencê-la.

Nas finanças, é igual: temos pressa, não aguentamos esperar o tempo necessário para juntar dinheiro e nos deixamos levar pelas ofertas de crédito fácil para obter o que desejamos imediatamente. Essa impaciência tem um preço: os juros. Se quiser evitá-los, seja perseverante e recomece a poupar quantas vezes for preciso para conquistar algo maior mais adiante.


5 – Pedir e oferecer a ajuda certa

Os amigos da sua rede social participam do jogo e sempre pedem movimentos extras para completar suas rodadas. Quanto mais você ajudá-los, mais receberá em troca.

Na vida real, trocar favores também funciona. Ao invés de emprestar dinheiro ou cartões a seus amigos, que tal recomendá-los para vagas de emprego, ajudá-los a conquistar novos clientes ou incentivá-los a estudar mais para aumentar a renda? Nesse mundo conectado, boas indicações valem ouro! Reconheça quando precisar de ajuda e aprenda a pedir o que realmente lhe trará pontos extras para aumentar suas chances de vitória.



Matérias Relacionadas

Você tem um sonho? Mãos à obra para realizar

Gatilhos de consumo

A inflação, os juros e o seu bolso

O que suas escolhas de consumo dizem sobre você?

Tudo o que você precisa saber sobre crédito

Dicas para fazer seu orçamento doméstico