Uma Iniciativa Febraban

Equilíbrio na alimentação e no bolso

Quem tem uma alimentação balanceada conquista um equilíbrio financeiro maior do que quem não tem. Quer entender por quê?


Comer bem

Comer bem significa ingerir diariamente todos os nutrientes que nosso corpo precisa e que estão presentes nos alimentos. Saber quais são, como consumi-los e como eles agem no nosso organismo é o ponto de partida para uma alimentação balanceada e livre de excessos, para o corpo e também para o bolso. 

Pirâmide alimentar

Os alimentos estão divididos em quatro categorias: energéticos, reguladores, construtores e oleaginosos. Cada um destes grupos fornece algum tipo de contribuição essencial para o corpo e deve ter um peso nas refeições. A pirâmide alimentar mostra isso de um jeito simples: 



4 - Alimentos oleaginosos: gorduras, óleos e açucares. É recomendado consumir moderadamente.

3 - Alimentos construtores: atuam no crescimento, reparação, manutenção e desenvolvimento dos tecidos. Nesse grupo estão o leite, feijão, ovos, peixe, frango, carne, ervilha e outros.

2 - Alimentos reguladores: fazem com que o organismo funcione corretamente por meio do fornecimento de vitaminas, minerais e fibras, presentes nas frutas, legumes e verduras.

1 - Alimentos energéticos: carboidratos, presentes nos cereais, pães, arroz e massas, que ajudam no fornecimento de energia para manter o corpo funcionando.



Escolhas x orçamento

Observe quais alimentos você mais tem consumido para entender como suas escolhas influenciam o seu orçamento. Uma sugestão é listar os produtos e o valor gasto com eles em uma semana. Avalie se há algo que possa ser substituído: uma ida à lanchonete pode ceder lugar a uma refeição mais leve e mais barata, à base de frutas e legumes, por exemplo. O aplicativo Nossa Alimentação traz dicas que podem ajudar você nessas escolhas.

Saladas e frutas são mais eficientes para manter o bom funcionamento dos órgãos, ou seja, seu valor nutricional é maior. Além disso, com um cardápio alimentar equilibrado, você evita o aparecimento de doenças como obesidade, hipertensão, diabetes e doenças cardiovasculares, que também podem onerar o orçamento.

Planejamento é tudo

O caminho mais prático e eficiente de conquistar uma alimentação balanceada e, ao mesmo tempo, fazer economia é planejar as compras em feiras e supermercados. Você pode montar um cardápio, considerando os alimentos que serão consumidos naquela semana.

Em seguida, faça uma lista dos itens que irá precisar e se atenha a eles na hora de ir às compras. Parece trabalhoso no começo, mas você verá que esta postura pode ser prazerosa e facilmente incorporada à rotina, evitando perdas e desperdícios no dia a dia. Para facilitar, use nossa lista de compras de supermercado.



Matérias Relacionadas

O que suas escolhas de consumo dizem sobre você?

Gatilhos de consumo

Entendendo a compulsão

Recicle o lixo e seus hábitos

>

Reaproveitando alimentos

Consumo consciente: bom para a natureza e o bolso

Consumo consciente: todo mundo sai ganhando

Crédito consciente: seu bolso no azul

Da torneira para o bolso - Elimine o desperdício de água