Uma Iniciativa Febraban

Como se dar bem na entrevista e obter um resultado positivo

Como se dar bem na entrevista?
A avaliação do seu currículo e a fase de testes terminaram e finalmente você conseguiu chegar à reta final do processo seletivo. Parabéns! Agora só falta passar pela entrevista pessoal, que pode ser dividida em duas partes:

- RH: o pessoal da área de Recursos Humanos da empresa geralmente avalia com mais atenção o seu comportamento e a sua personalidade. Apenas responda às perguntas.

- Novo Chefe: nessa conversa você pode e deve mostrar todo o seu conhecimento na área de trabalho. Demonstre profissionalismo e experiência; se necessário use os termos técnicos da sua área.

Apesar da tensão geralmente presente nessa fase - afinal, você quer mostrar o seu melhor para conquistar a vaga – a conversa com o entrevistador não precisa ser um bicho de sete cabeças.

Confira as nossas dicas que vão te ajudar a preparar a cabeça (e o coração) para esse momento tão importante:
- Antes da entrevista, procure se informar sobre a empresa e o cargo que você se inscreveu. Isso vai te ajudar a imaginar o clima da conversa, o perfil das pessoas que podem trabalhar com você e até o jeito de se vestir no dia (mais formal ou informal). Aproveite para conferir o endereço e o meio de transporte (conte com a ajudinha do APP Nosso Transporte nesta escolha), para não chegar atrasado.

- Seja educado e cortês durante a apresentação. Um aperto de mão firme acompanhado por um “bom dia” ou ”boa tarde” são ótimos para introduzir uma conversa. Preste atenção na sua maneira de falar e evite usar gírias.

- Controle a ansiedade e busque a sintonia na conversa com o entrevistador. Concentre-se no assunto, fale com clareza e sinceridade e seja direto nas respostas. Você pode mostrar interesse na vaga pela sua postura corporal (que, apesar de relaxada, deve mostrar profissionalismo) e pelas suas perguntas sobre a atividade a ser exercida. Só tome cuidado para não ser invasivo.

- Mostre seus conhecimentos e suas habilidades, mas não force a barra. O entrevistador tem experiência para detectar contradições, mentiras e expectativas e usar todos os sinais transmitidos para analisar se você se encaixa no perfil que a empresa procura.

- Durante a conversa, não fale mal de ex-chefes ou de empresas anteriores. Evite colocar restrições quanto ao horário de trabalho e explicar a sua pretensão salarial com as suas necessidades financeiras pessoais. Não se esqueça: você quer mostrar competência, profissionalismo. Deixe as questões delicadas para depois.

- Na saída, agradeça o tempo do entrevistador e se despeça da mesma forma que chegou: um aperto de mãos, um “até logo”. Resista ao impulso de entrar em contato no dia seguinte perguntando se você será contratado. Essa atitude pode mostrar insegurança e imaturidade, além de fechar as portas de uma empresa que poderia querer contratá-lo no futuro.


Matérias Relacionadas

Emprego temporário: conquiste uma oportunidade

Seja um Microempreendedor Individual

Resolver um problema, um bom jeito de começar um negócio

Quanto vale seu tempo?