Uma Iniciativa Febraban

Como Renegociar Dívidas e limpar o seu nome

COMO RENEGOCIAR DÍVIDAS
Hoje em dia, terminar o mês com o saldo positivo não é tarefa fácil para quase ninguém. São tantas contas sofrendo reajuste, que a gente às vezes acaba recorrendo ao cheque especial ou ao cartão de crédito para conseguir pagar tudo em dia. Com isso, muitas pessoas entram no vermelho e quando se dão conta, já estão atoladas em dívidas.

Por isso que muitas instituições estão abertas para renegociação de dívidas, já que esses processos na justiça ficam mais caros para todo mundo. E, a dica para sair de uma negociação com um bom resultado é se organizar e ser bastante realista em relação à quanto e em quanto tempo você pode pagar.

Faça as pazes com o seu bolso
Você pode fazer uma planilha com toda a sua renda do mês e com seus gastos. Anote tudinho, quanto você gasta com moradia, transporte, supermercado e feira, conta de luz, água, gás e gastos com saúde. É bom lembrar também de colocar na planilha algumas rendas extras, como o 13º salário, por exemplo. Esse dinheiro pode ser usado para pagar grande parte do que falta e se livrar da dívida mais rapidamente.

Depois de deixar tudo isso organizado, pense nos seus gastos supérfluos e tente cortá-los até que você consiga regularizar a sua situação financeira. Uma boa maneira de economizar é comer menos na rua e mais em casa e fazer passeios baratos, como dar uma volta no parque, andar de bicicleta ou até visitar exposições gratuitas em museus.

Regularize sua situação
É importante procurar o credor assim que você perceber que está entrando em uma fria. Ser honesto com o credor e explicar a sua situação pode ajudar muito na negociação.

Prazos longos: melhor ou pior?
Uma das opções é poupar para pagar a dívida o mais rápido possível. Assim você não gasta ainda mais com taxas de juros. Mas se preferir, você pode estender seu prazo para pagar parcelado e encaixar este valor no seu orçamento aos poucos sem ter que apertar muito no dia a dia.

Aproveite os Feirões
Ah! Você também pode ficar de olho nos Feirões para limpar o nome e negociar dívidas! A Serasa organiza Feirões Online e para participar é muito simples. Basta saber quando vai acontecer, entrar no site e preencher um cadastro. Aí você será encaminhado para uma página que mostra a lista de todas as empresas participantes com as quais possui dívida e que estão presentes na base da Serasa.

Negocie taxas
Pode ser interessante já ter conhecimento das taxas de juros de outras instituições antes de entrar em contato com o seu credor para falar sobre sua dívida. Assim fica mais fácil negociar e mostrar que você tá por dentro do assunto e disposto a fechar um bom acordo.

Tenha uma proposta
Você pode elaborar uma proposta que cabe no seu bolso e apresentar ao seu credor. Isso mostra boa fé e vontade de resolver logo a situação. Caso tenha dificuldades em entrar em contato com o seu credor, você também pode pedir ajuda à órgãos de Defesa do Consumidor. O Procon ajuda a reunir ambas as partes e dar início a uma conversa, mas quem deve iniciar o processo é o consumidor, encaminhando documentos que comprovem a dívida e apresentando uma proposta.

E o mais importante de tudo é evitar ao máximo contrair uma dívida para pagar outra. Deixar as suas contas na ponta do lápis te ajuda a controlar o orçamento e a não ter supressas no final do mês. ;)


Matérias Relacionadas

Planejamento financeiro em tempos de crise