Uma Iniciativa Febraban

Brincar sem Consumir - Educação financeira desde cedo

Hoje em dia as crianças já nascem conectadas e até conseguem usar aparelhos eletrônicos com mais facilidade do que os adultos. Os tablets, smartphones e a própria TV estão cheios de propagandas voltadas para os pequenos e é assim que começam os desejos consumistas.

A gente sabe que educação financeira tem que ser ensinada desde cedo e por isso fizemos uma lista com dez ideias criativas par você praticar com o seu filho sem gastar muito ou quase nada!

1.Casinhas de papelão
Crianças adoram casinhas. Mas comprar uma de plástico ou de madeira pode ser muito caro. Então aproveite aquela caixa de papelão que você ia jogar no lixo e solte a imaginação junto com o seu filho. Corte os buracos da janela e da porta. Com um pedaço de tecido antigo, você pode fazer as cortinas. Aproveite canetinhas e tintas para desenhar nas paredes a decoração que vocês preferirem.

2. Fantoches com saco de pão
Quem não gosta de fantoches? Eles incentivam a imaginação dos pequenos e são uma delícia de fazer. Você pode produzi-los com sacos de pão e desenhar o rosto com tinta ou lápis de cera. Fios de lã podem ser uma boa ideia para colar como cabelo.

3. Bolas flutuantes
Às vezes o pique é tanto que a garotada precisa parar e respirar fundo (e a gente também!). Para se acalmar brincado, pegue um canudo e um pedaço de cartolina. Com a cartolina, faça um funil e cole a menor parte no canudo, você pode usar uma fita adesiva para isso. Pronto! Agora é só colocar uma bolinha de pingue pongue dentro no funil e assoprar com força. A bolinha flutua e você e as crianças se divertem e relaxam.

4. Trocando brinquedos
São tantos brinquedos espalhados por aí que as crianças nem conseguem lembrar de todos, não é? Você e sua família podem escolher os brinquedos que já não são mais usados e promover uma feirinha de troca com as outras crianças da vizinhança ou do condomínio.

5. Castelo de lençol
Dias de chuva e frio combinam com lençóis e cobertores. Mas quem disse que é para dormir? Pegue aquele lençol velho e estenda sobre algumas cadeiras, faça um corte para criar a entrada e se divirta com seus pequenos protegendo a fortaleza da família.

6. Amarelinha de fita adesiva
Se a sua casa não tem jardim ou quintal, faça uma amarelinha no chão da sala com fita adesiva. Além de ser bom para a coordenação motora da moçada, eles se exercitam e competem saudavelmente entre eles.

7.Passeios Turísticos
Leve seus filhos para conhecerem a cidade onde vivem. Museus costumam ter entrada gratuita em um dia específico da semana, além de crianças quase sempre pagarem menos. Passear pelos bairros tradicionais e visitar pontos turísticos alimentam a curiosidade dos jovens e ajudam na formação de raízes com seu local de origem.

8. Ar Livre
Parques e praças são ótimos lugares para passar uma tarde agradável com os pequenos. Além de terem espaço para correr e brincar, eles ainda entram em contato com a natureza. Jogar bola e andar de bicicleta podem ser uma boa opção para a criançada que tem muita energia.

9.Jardinangem
Ensinar os seus filhos a cuidarem do jardim é ensina-los a respeitar e amar o meio ambiente. Crianças gostam e precisam fazer atividades manuais para exercitar a coordenação motora e a concentração. Ensine seu filho a plantar uma sementinha, a regar e cuidar das plantinhas.

10. Teatrinho
Incentive seus filhos e seus amiguinhos a fazerem pequenas peças de teatro, empreste rou
pas e acessórios que eles podem usar para interpretar os papéis e reúna toda a família para assistir.

 


Matérias Relacionadas

Esportes Por Um Preço Acessível

Controlando a mesada

Economizando na festa das crianças