Uma Iniciativa Febraban

Aproveitando as liquidações após as festas de fim de ano

Depois das festas de fim de ano o comércio de uma forma geral promove grandes liquidações para “limpar” seus estoques. Esse é um momento que pode ser muito bem aproveitado, desde que você organize os seus gastos. 

Planejamento
Como toda atividade que envolve consumo, é necessário um planejamento antes de começar a gastar. Se você já está com o orçamento doméstico montado para o ano, fica mais fácil ver quanto se pode gastar nas compras à vista, ou se for parcelar, quanto se pode assumir de prestação mensal. Lembre-se de atualizar seu orçamento depois das compras.

Antes também de ir a uma liquidação de roupas e acessórios, é importante analisar seu armário para ver o que é importante comprar sem correr o risco de trazer alguma peça repetida. Feito isso, só vá a uma liquidação com uma lista do que é interessante adquirir. Como já dissemos em outra matéria aproveite para incluir na lista os presentes de amigos e parentes.

Pesquisa
Pesquise e compare bastante os preços e condições, não tenha pressa para consumir. Não se deixe levar pelo percentual do desconto, geralmente os maiores são para produtos que ficaram “encalhados” nas prateleiras, ou para aquelas peças de coleções antigas. Opte pela qualidade do que você vai comprar, e não pela quantidade.

Escolhendo o que comprar
No caso de liquidação de roupas e acessórios, procure pelas peças que com certeza você vai continuar usando, principalmente aquelas que são consideradas básicas. Na escolha de presentes para amigos e parentes, tenha certeza do gosto da pessoa e do tamanho de suas roupas, já que muitas lojas não trocam produtos em liquidação, ou mesmo que troquem, o prazo da troca pode terminar antes da data em que você pretende dar o presente. 

Observe bem todos os detalhes do produto que está em liquidação, se ele tiver algum defeito o mesmo deve ser informado pelo estabelecimento. Mesmo assim, um defeito não pode comprometer o funcionamento, a utilização ou a finalidade do produto; caso isso ocorra, o consumidor tem o direito à sua troca.

Hora de pagar
Para tomar a melhor decisão quanto à forma de pagamento é preciso conhecer todas as condições e, principalmente, quais os juros embutidos nas vendas a prazo. Para calcular os juros nos casos de “parcelamento sem juros” basta verificar qual o desconto dado para o pagamento à vista. 

Cuidado pela empolgação nas liquidações, pois muitos descontos são progressivos em função da quantidade comprada. Compre só o necessário, pense nos seus compromissos futuros antes de assumir novas dívidas. Mesmo nas liquidações, sempre dá para pedir um desconto extra para os pagamentos à vista.  


Matérias Relacionadas

Despesas escolares

Entendendo a compulsão

Economize e divirta-se com o Chá de Bebê